quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Vinde a mim os cavalinhos

São duas as ocasiões em que um homem não deve jogar: quando não tem dinheiro e quando tem. A frase era de Mark Twain - ou pelo menos era isso que dizia aquele site bizarro de citações que o google lhe indicara. Concordou com a frase. Lembrou das histórias de Bukowski e os cavalos, quase todas sobre falta de dinheiro e de sorte. Aquilo não era para ele, que tinha a prudência mais do que refletida na frase que abre o parágrafo.

Não era um homem de apostas. 

Mesmo que fosse, morava numa cidade sem hipódromo.

Era tudo isso que tornava tão dificil entender aquela estranha sensação de ter colocado todas as fichas nos cavalos errados...

4 comentários:

  1. Apostar todas as fichas nos cavalos errados...

    Nada mais frustrante ¬¬

    ResponderExcluir
  2. "vinde a mim os cavalinhos" é uma frase putaqueparilmente Chinaski...

    ResponderExcluir